Fenae assina carta de Estado de Direito e faz chamamento às Apcefs

Por Douglas Alexandre

Em ofício enviado às Apcefs de todo o país, Federação alerta que democracia é fortemente ameaçada na atual conjuntura

Em um momento em que o Brasil atravessa profunda crise econômica, social e principalmente política, onde a democracia – duramente conquistada pelos brasileiros após 21 anos de ditadura militar no país – volta a ser ameaçada pela atual conjuntura política, a Fenae faz adesão, nesta terça-feira (3), à Carta de Estado Democrático de Direito e convoca as 27 Apcefs de todo o país a aderir ao documento, em defesa da soberania popular.  

Em ofício, encaminhado às Apcefs de todo o Brasil, a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) alerta que é imprescindível a união dos movimentos sindicais e associativos do país e principalmente de todo cidadão e cidadã brasileira em prol do estado democrático de direito. 

De acordo com o presidente da Fenae, Sergio Takemoto as crises correntes merecem uma resposta, pois representam forte ameaça à coletividade. “Como se não bastasse o achatamento das políticas públicas, o agravamento da desigualdade social, com menos moradia, menos saúde, menos geração de emprego e muito mais, a democracia do país vem sendo constantemente ameaçada pelo atual governo. É urgente e fundamental intensificarmos a união do nosso movimento associativo em defesa da soberania do país. Por isso, pedimos a adesão das 27 Apcefs para que assinem a Carta de Estado de Direito”, disse Takemoto.  

Para fazer a adesão à “Carta em defesa do Estado Democrático de Direito!” a Fenae orienta que cada Apcef deve enviar um e-mail para estadodedireitosempre@outlook.com. Os empregados da Caixa também podem assinar a carta como pessoa física. No ofício, encaminhado pela Federação segue o passo a passo.

Confira o ofício na íntegra:

Às Apcefs, 

Sabemos que a democracia no Brasil cresceu e amadureceu, mas muito ainda há de ser feito. Vivemos em país de profundas desigualdades sociais, com carências em serviços públicos essenciais, como saúde, educação, habitação e segurança pública. Temos muito a caminhar no desenvolvimento das nossas potencialidades econômicas de forma sustentável. Em meio a estes desafios, teremos o início da campanha eleitoral e deveríamos ter o ápice da democracia com a disputa entre os vários projetos políticos visando convencer o eleitorado da melhor proposta para os rumos do país nos próximos anos, mas estamos passando por momento de imenso perigo para a normalidade democrática, risco às instituições da República e insinuações de desacato ao resultado das eleições. 

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) é uma entidade combativa, forte e representativa, que luta em defesa do banco 100% público, dos direitos dos empregados e empregadas e em defesa da Democracia. Face ao exposto, anunciamos que a Fenae aderiu institucionalmente à Carta de Estado de Direito e convida cada uma das Apcefs a também fazer a adesão, pela defesa da democracia e em respeito ao resultado das eleições. 

Para aderir, cada Apcef deve enviar um e-mail para estadodedireitosempre@outlook.com conforme modelo abaixo: 

Prezados,

A Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal UF (Apcef/UF) vem por meio desta mensagem enviar os dados necessários para aderir institucionalmente à Carta de Estado de Direito. 

Nome Fantasia: Apcef/UF

CNPJ: inserir número

Razão Social: Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal UF

Quem assina pela entidade: Nome e Sobrenome (Presidente da Apcef/UF) 

É importante ressaltar que cada cidadão e cidadã também pode aderir individualmente acessando o site https://www.estadodedireitosempre.com/

Informações retiradas na íntegra do site da Fenae

Gostou do post? compartilhe com seus amigos:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta