Câmara dos Deputados pede esclarecimentos sobre a contratação dos aprovados da Caixa

Por Douglas Alexandre

Fenae destaca que lentidão na contratação dos concursados de 2014 prejudica tanto aprovados, como o pessoal da ativa

A Câmara dos Deputados, por meio de um Requerimento de Informações (RIC 564/2022) do deputado Aliel Machado (PV-PR), pede esclarecimentos ao Ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a contratação dos aprovados no concurso público da Caixa do ano de 2014, bem como informações acerca do Plano de Expansão da estatal, no último dia 2 de agosto. O texto aguarda designação de relator na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados.  

Entre os esclarecimentos estão: o número de pessoas do concurso de 2014 que foram convocadas até o momento; quantos PCD (pessoas com deficiência) aprovados no certame de 2014 foram convocados; quando e de que forma se dará a recomposição do quadro de pessoal da Caixa Econômica Federal, entre outros questionamentos. Clique aqui e leia o RIC na íntegra.   

Vale ressaltar que a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) vem cobrando mais contratações no banco público, não só para garantir condições mínimas de trabalho na Caixa, mas para garantir a qualidade do atendimento à população. “Já fizemos diversas reivindicações, mas a direção da Caixa segue ignorando o déficit de empregados e o adoecimento da categoria. A lentidão na contratação prejudica tanto os aprovados, como o pessoal da ativa”, enfatizou o presidente da Fenae, Sergio Takemoto. 

Déficit – Demanda por contratações é urgente 

O déficit de empregados na Caixa vem crescendo ao longo dos anos. De um lado o número de trabalhadores no banco vem reduzindo drasticamente. Do outro, o aumento do número de clientes e de contas tem um crescimento exorbitante. Isso causa superlotação, sobrecarga de trabalho e adoecimento, além de prejudicar o atendimento à população.  

A Caixa possui mais de 142 milhões de clientes e 220 milhões de contas bancárias e que cada empregado é responsável pelo atendimento de, em média, 1.700 clientes. “É mais do que urgente que o banco efetive as contratações. Ainda mais num cenário em que a direção do banco segue cobrando metas desumanas dos empregados, que são obrigados a concluir jornadas de trabalho exaustivas”, disse o coordenador da Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa), Clotário Cardoso, em reunião com banco, em mesa de negociação da Campanha Nacional dos Bancários de 2022, no último dia 26 de junho.  

Saiba mais – A Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest) autorizou a Caixa a contratar mais empregados até completar um quadro de 87.544 trabalhadores. Hoje o banco possui 86.907 empregados, segundo dados dos representantes da Caixa.

Informações retiradas na íntegra do site da Fenae

Gostou do post? compartilhe com seus amigos:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta