Mudanças na Caixa começam pelas vice-presidências

Por Douglas Alexandre

Banco anunciou a reformulação em Fato Relevante nesta sexta-feira (20)

A Caixa comunicou, em Fato Relevante publicado na sexta-feira (20), a destituição de quatro vice-presidentes: Danielle Calazans (Gestão Corporativa), Henriete Bernabé (Habitação), Rafael Morais (Finanças e Controladoria) e Tatiana Oliveira (Governo). Bruno Silva da Silveira, Rodrigo Wermelinger, Marcos Rosa e Tiago de Oliveira são os substitutos interinos para as respectivas áreas até a finalização do processo seletivo para a definição dos cargos.

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) e entidades em defesa dos trabalhadores reivindicam o retorno da vice-presidência de Pessoas (Vipes). O pedido está no documento entregue à presidenta do banco, Rita Serrano, em reunião no dia 13 de janeiro.

“É uma área que cuida do quadro funcional do banco e extinta durante a gestão mais desumana que já passou pelo banco. A presidenta Rita já havia nos reafirmado seu compromisso em recriar a Vipes”, lembrou o presidente da Fenae, Sergio Takemoto.

A vice-presidência de Pessoas foi substituída em abril de 2021 por decisão do Conselho de Administração do banco. Conselheira, Rita Serrano votou contra a mudança. “A pasta veio humanizar a gestão, valorizar o patrimônio humano do banco. O que vemos agora é um retrocesso”, disse, à época.

A Vipes era a área responsável para cuidar de assuntos como carreira, treinamento, direitos trabalhistas e negociações com as entidades sindicais.

Informações retiradas na íntegra do site da Fenae

Gostou do post? compartilhe com seus amigos:

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Email
Telegram

Deixe um comentário