Requerimento para acompanhar apuração de denúncias de assédio na Caixa é apresentado na Câmara

Por Carolina Marçal

Deputada Erika Kokay (PT/DF) pede criação de subcomissão especial para os casos denunciados na estatal

A deputada federal Erika Kokay (PT/DF) apresentou, no dia 1º de agosto, um Requerimento (101/2022) na Câmara dos Deputados para a formação de uma subcomissão especial para acompanhar a apuração das denúncias de assédio sexual praticado pelo ex-presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

“Pela gravidade das denúncias apresentadas e por se tratar de uma questão que tem relação direta com o mundo do trabalho, é importante que esta Comissão possa acompanhar ativamente os desdobramentos das investigações em curso e as sanções que serão aplicadas ao denunciado”, solicita a deputada no documento.

O requerimento está pronto para ser pautado na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP). Sergio Takemoto, presidente da Fenae, falou sobre a relevância do requerimento e informou que a Federação vai acompanhar a tramitação do documento.

“As denúncias de assédio são estarrecedoras e chocaram não só os trabalhadores do banco como toda a sociedade; afinal, é apuração de um crime dentro de uma empresa pública, com 161 anos de história e tão presente na vida dos brasileiros”, analisou.

Takemoto acrescenta que o número de acusações de assédio sexual e moral contra Guimarães e outros executivos do banco aumentou depois das denúncias das empregadas, divulgadas pela imprensa. Além da Corregedoria da Caixa, que agora está sob responsabilidade do Conselho de Administração, as denúncias são investigadas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), pelo Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) e pela Polícia Civil do Distrito Federal.

Informações retiradas na íntegra do site da FENAE

Gostou do post? compartilhe com seus amigos:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta