Fenae e Apcefs pedem urgência nas investigações sobre denúncias de assédio sexual por Pedro Guimarães

Por Comunicação APCEF/MG

A Federação reforça a solidariedade com as vítimas e enfatiza que a violência contra as mulheres em qualquer nível contraria todos os valores e princípios da Caixa

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) manifesta sua indignação frente aos relatos de funcionárias do banco sobre os casos suspeitos de assédio sexual por parte do presidente da instituição, Pedro Guimarães. As denúncias são gravíssimas e devem ser apuradas com urgência e rigor. 
 
É fundamental que Pedro Guimarães seja afastado de imediato enquanto correm as investigações, em respeito à segurança de todos os empregados do banco. 
 
A Fenae reforça a solidariedade com as vítimas e enfatiza que a violência contra as mulheres em qualquer nível contraria todos os valores e princípios da Caixa, assim como seu histórico na promoção da igualdade e do respeito aos direitos humanos.

Gostou do post? compartilhe com seus amigos:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta