Saúde: saiba os benefícios de manter bons hábitos alimentares

Por Douglas Alexandre

A escolha dos alimentos corretos, a frequência da dieta e até o prazer em comer: tudo isso influencia em uma vida mais saudável

Seguindo com a nossa série especial de matérias na semana em que é comemorado o Dia Mundial da Saúde, desta vez vamos falar de hábitos alimentares saudáveis. Talvez você não tenha parado para pensar o quanto uma boa alimentação pode interferir no seu humor, peso, concentração e outros fatores. Pensando nisso, elencamos algumas instruções que vão te ajudar a melhorar a qualidade de sua alimentação.

Comece escolhendo bem os alimentos. Sinta o cheiro, apalpe e dê preferências para produtos frescos e naturais. Tenha sempre em casa carnes magras, cereais, vegetais, carboidratos e fontes de vitaminas C. Todos esses itens são muito importantes na alimentação, guardadas as devidas proporções.

Para comer bem é necessário consumir todos os nutrientes que nosso organismo precisa para desempenhar suas funções, ter energia, prevenir doenças e consumir um bom gasto calórico. Portanto, se servir da maneira correta é fundamental. Para isso, divida o prato ao meio e sirva a metade com legumes e verduras, que são ricos em vitamina C. Coloque na outra metade uma fonte de proteína, que seria a carne, um carboidrato que pode ser arroz ou macarrão, e complete com o feijão que é rico em ferro.

Benefícios de alguns alimentos

  • Vegetais: fonte de vitamina C, ferro e clorofila. Servem para desintoxicar, são ótimos anti-inflamatórios e fortalecem o sistema imunológico;
  • Oleaginosas e peixes: fontes de ômega 3. Regulam o colesterol e previnem doenças cardiovasculares;
  • Aveia: são ricas em fibras e fonte de carboidratos. Ela controla os níveis de açúcar no sangue e previne o diabetes;
  • Frutas: são fontes de várias vitaminas, minerais e fibras em geral. Previnem doenças cardíacas e alguns tipos de câncer;
  • Água: é sempre importante lembrar que devemos beber pelo menos dois litros de água por dia. Ela serve para hidratar e regular as funcionalidades de nosso organismo.

Fracione suas refeições. O ideal é se alimentar de três em três horas. Nos intervalos entre as maiores refeições como café da manhã, almoço e janta, deve-se consumir frutas e barras de cereais. O que se deve ter em mente é que não podemos esperar ter fome para comer – isso evita que possamos exagerar na dieta. Também não se deve fazer o contrário, comer pouco e seguidas vezes, o que não contribui para uma dieta balanceada.

Outra ação importante é mastigar bem os alimentos.  Isso estimula a produção de enzimas pelo sistema digestivo, e fragmenta o alimento para que essa ação enzimática seja mais eficiente – quanto menores as partículas dos alimentos, maior a superfície de contato para a atuação das enzimas. O ideal é que mastiguemos, em média, 15 vezes a cada mordida para uma digestão eficaz.

Outros benefícios de uma vida com bons hábitos alimentares:

  • Prevenção de doenças como obesidade e distúrbios alimentares;
  • Fonte de energia, a ingestão de alimentos ricos em nutrientes proporciona um disposição maior e gasto correto de calorias;
  • Retarda o aparecimento de rugas;
  • E muitos outros!

Agora que você já sabe como começar a ter uma boa alimentação, não se esqueça de associar essas dicas com exercícios físicos para ter um cuidado completo com sua saúde. Publicaremos uma matéria sobre o tema ainda nesta semana. Fique ligado!

Fontes: Portal Nutricionista Lara Tanacci e blog Key Design

Departamento de Comunicação da APCEF/MG

Gostou do post? compartilhe com seus amigos:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta