GT Saúde Caixa será implementado nesta quarta-feira (13)

Por Carolina Marçal

Conquista dos empregados, grupo bipartite objetiva criar uma proposta de gestão para o plano de assistência à saúde dos empregados da Caixa

O Grupo de Trabalho (GT) bipartite Saúde Caixa será implementado novamente em reunião na tarde desta quarta-feira (13), por videoconferência. O objetivo do grupo é criar uma proposta de gestão, que passará pelo crivo da mesa permanente de negociação e, posteriormente, dos beneficiários.

A renovação do GT Saúde Caixa com mais acesso a relatórios, dados, acompanhamento de credenciamento e descredenciamento, com vistas a dar suporte para a mesa permanente, foi uma conquista dos empregados no aditivo no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Saúde Caixa, aprovado no final de outubro de 2021, com duração até o final de agosto de 2023.

O primeiro GT Saúde Caixa foi criado em 2020 para discutir uma proposta de custeio e de gestão para o plano, que apresentou déficits entre 2016 e 2020, que seria aplicada à partir de janeiro de 2022, conforme o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2020/2022. Entretanto, a Caixa comunicou unilateralmente o fim dos trabalhos, em agosto de 2021.

“Nosso objetivo é a construção de consenso de proposta para sustentabilidade e viabilidade do plano de assistência à saúde dos empregados. E, para que possamos construir propostas, é imprescindível que tenhamos acesso a todas as informações do nosso plano. Por isso, contamos com total transparência do banco”, afirmou o coordenador da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa, Clotário Cardoso.

Informações retiradas na íntegra do site da FENAE

Gostou do post? compartilhe com seus amigos:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta